Aprendendo com os erros

Como você lida com os erros? São vistos como entraves ou novas oportunidades? Antes de qualquer coisa, é preciso identificar como você entende essa questão, não somente sobre seus erros, mas, também sobre os erros das outras pessoas, incluindo os colegas de trabalho.

Se você os vê como situações de aprendizado, está no caminho certo, pois os erros são marcos em nossa trajetória, seja pessoal ou profissional. Errar é necessário para a realização da nossa revolução humana, para o nosso aprimoramento.

São eles que nos impulsionam para sairmos da inércia, para olharmos ao redor e para dentro de nós sob um novo ângulo, identificando novas alternativas para as situações que não deram certo.

É importante estar atento aos erros por eles nos indicarem que existe a necessidade de realizar novas ações em determinadas áreas, sobretudo naquelas ainda não vivenciadas por falta de coragem, reflexão e amadurecimento. Errar pode se tornar uma valiosa ferramenta de avanço e aprendizagem. Para isso, há um exercício prático e fácil de fazer:

1 – Anote a cada dia, em um caderninho, os erros cometidos por você. Registre em detalhes, os erros que cometeu, um por um, tenha sido ele pequeno ou complexo;

2 – Relate como se sentiu diante da situação e complemente escrevendo uma possível solução que daria, para não repetir o erro em questão;

3 – Guarde-o e sempre que possível releia suas anotações e reflita sobre o que pode aprender com elas.

Esta é uma forma segura de observar se você tem a tendência de repetir os erros ou de aprender com eles.

Mas, a atividade só é válida se for feita com sinceridade, se o erro for exatamente declarado conforme ocorrido, sem responsabilizar terceiros, isentando a si próprio da responsabilidade.

Por exemplo: o que o levou a dizer a coisa errada? Estava zangado, agindo de forma imatura, foi arrogante ou faltou com o respeito com o outro? Ignorou alguma informação relevante, deixou de lado algum detalhe aparentemente sem importância ou foi preguiçoso?

Lidando com os erros no trabalho em equipe

Se no trabalho você está à frente de uma equipe, adote a mesma postura. Ao invés de chamar a atenção do funcionário na frente de todo mundo ou demiti-lo, analise o caso e o chame para conversar em particular. Explique as consequências da falha e encoraje-o a ver na situação negativa, uma oportunidade para crescer e se tornar um profissional melhor. Ensine o exercício de anotações dos erros e acompanhe o desenvolvimento do colaborador.

Não esqueça que reconhecer erros é um sinal de segurança e confiança, – ambas fundamentais para a motivação dos profissionais, pois, demonstram a capacidade e vontade de recriar, de tentar coisas novas e assumir riscos mesmo que não haja uma garantia sólida de sucesso.

Os profissionais e empreendedores de sucesso compartilham esse perfil. Portanto, não lamente seus erros, anote-os e aprenda com eles.

Boa sorte e, se precisar de ajuda, conte conosco!

 

Pauline Machado é Personal, Executive e Business Coach pela SBCoaching, MBA Liderança e Gestão de Pessoas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e certificada pelo SebraeRJ no curso EMPRETEC, desenvolvido pela Harvard University e Organização das Nações Unidas (ONU) e diretora da Legado Coaching e Comunicação.